Retrofit – Melhorias e transformações em prol da sustentabilidade

dezembro 4, 2015 em Sustentabilidade

Estação da Luz - São Paulo - Crédito: Rubens Chiri/FCVB-SP

O mundo está abarrotado. As grandes cidades sofrem as consequências de um crescimento desorganizado e rápido demais. O resultado é o que vemos em capitais como Nova Iorque, São Paulo e Rio de Janeiro. Trânsito caótico, muita verticalização, pouca (ou nenhuma) sustentabilidade e acessibilidade comprometida. Com a necessidade de rever os conceitos e melhorar a infraestrutura, o retrofit surge como uma alternativa.

Segundo a NBR 15.565, retrofit nada mais é do que a “remodelação ou atualização do edifício ou de sistemas, através da incorporação de novas tecnologias e conceitos, normalmente visando valorização do imóvel, mudança de uso, aumento da vida útil, eficiência operacional e energética”.

Ou seja, que tal analisarmos os edifícios já existentes e mais antigos, vislumbrando alterações não-estruturais, mas capazes de transformar a rotina do prédio, de seu entorno e de seus habitantes?

Em 2007 Nova Iorque deu início ao PLANYC 2030, um projeto que apresenta dez metas a serem atingidas nos próximos 15 anos a fim de tornar a cidade mais apropriada e agradável para se viver. Dentre as frentes trabalhadas está a realização de retrofits, trazendo sustentabilidade aos prédios em funcionamento. Um comitê criado especialmente para este tipo de ação vai às ruas apontando quais edifícios devem passar por esta remodelação. E as construções que seguem as orientações da prefeitura ganham incentivos fiscais.

O Empire State Building, inaugurado na década de 30, é um dos edifícios mais icônicos da cidade e passou por um retrofit com custo médio de US$ 650 milhões entre remodelação e projetos relacionados à energia. A reforma, finalizada em 2013, garante uma economia energética anual em torno de US$ 4,4 milhões (segundo informações da Revista Green Building).

No Brasil, retrofit ainda é uma técnica pouco difundida, mas que já pode ser observada em grandes construções como, por exemplo, o Paço do Frevo, em Recife, a Estação da Luz (que você observa na imagem no topo deste post) e o Estádio do Pacaembu, em São Paulo, todos referências de requalificação do espaço construído. Pensando em locais corporativos e comerciais, podemos observar o Panorama Paulista Corporate, prédio construído na década de 70 na avenida Paulista, em São Paulo, que ganhou a certificação LEED Gold Core & Shell – Leadership in Energy and Environmental Design. Confira algumas ações do projeto desenvolvido pelo escritório Athie|Wohnrath que tornam o prédio um modelo a ser seguido:

Panorama Paulista - São Paulo - Retrofit

Falta de incentivo e regulamentação dos retrofits no Brasil – O Conselho Brasileiro de Construção Sustentável (CBCS) apoia a requalificação de edifícios e espaços construídos e, por meio do Comitê Temático Projeto, coordenado por Paulo Machado Lisboa, Adriana Levisky e Eloise Amado com apoio da Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura (Asbea), vêm trabalhando a fim de divulgar o retrofit como recurso adequado criando instrumentos e ferramentas para promover e operacionalizar esta remodelação das estruturas já existentes.

Para tal, elaborou uma minuta de projeto de lei divulgada em agosto de 2013 e intitulada “Retrofit: Requalificação de edifícios e espaços construídos no centro da cidade de São Paulo”, que, desde então, vem sendo aprimorada para apresentação ao setor da construção civil e ao poder público.

A tendência é essa. Melhorar a qualidade de vida transformando as cidades em locais mais interessantes para viver. Aqui no Espaço do Arquiteto a sustentabilidade é um tema recorrente. Recentemente publicamos um post sobre os jardins verticais que, aos poucos, vão ganhando espaço no centro da cidade de São Paulo, outro sobre alguns dos projetos mais incríveis para captação de energia solar e informações sobre os desafios da arquitetura bioclimática. Não deixe de acessá-los!

Estádio do Pacaembu - Retrofit - Rubens Chiri/FCVB-SP

O Estádio do Pacaembu, em São Paulo, é uma das referências brasileiras de requalificação do espaço construído | Crédito: Rubens Chiri/FCVB-SP

Paulista Corporate - Crédito: Reprodução Site Oficial Panorama Paulista

Panorama Paulista Corporate, em São Paulo, também investe em uma remodelação com foco em sustentabilidade | Crédito: Reprodução Site Oficial Panorama Paulista

Empire State - Retrofit - Crédito: Reprodução Facebook Oficial Empire State Building

O Empire State Builgind, em NY, que teve seu retrofit finalizado em 2013 | Crédito: Reprodução Facebook Oficial Empire State Building

Posts Relacionados: