Quer maquetes mais modernas e detalhadas?

novembro 12, 2015 em Projetos Corporativos, Tendências

Impressão 3D de maquetes - Crédito: Divulgação/Delta InkjetQue tal modernizar suas apresentações investindo na impressão 3D? Neste post apresentamos a revolução das maquetes volumétricas graças à popularização desta plataforma que cria objetos incríveis em três dimensões.

No Brasil, o mercado de impressão 3D ainda é muito novo, então o momento é de especulação e testes. Mas muitas empresas que já atuavam com design estão se arriscando e encontrando aplicações bastante interessantes para esta tecnologia. De olho na oportunidade, a Delta Inkjet resolveu arriscar. Há mais de 15 anos desempenhando serviços no ramo de informática, investiu e desde o início de 2015 oferece criação de protótipos e maquetes impressas em 3D.

“O mercado de 3D está dando seus primeiros passos, mas tem grande potencial e ótima aceitação”, comenta Thiago Reisdorfer, responsável pelo departamento de impressão 3D da Delta Inkjet, que já recebe solicitações diretamente de engenheiros e arquitetos antenados e que estão em busca de soluções mais práticas e interessantes para a montagem de suas maquetes.

Se você ficou interessado e está pensando em investir em sua próxima maquete, fique de olho nesses pontos que vamos apresentar a seguir:

Impressão 3D de maquetes - Crédito: Divulgação/Delta Inkjet

Impressão 3D de maquetes, casa completa – Crédito: Divulgação/Delta Inkjet

Como enviar o projeto para impressão -  A impressão da maquete pode ser total ou parcial, ou seja, você pode escolher apenas algumas peças para serem impressas em 3D ou gerar o projeto completo. “Para imprimir, o engenheiro ou arquiteto não precisa trabalhar com nenhum software específico. Basta projetar nas soluções mais conhecidas do mercado como, por exemplo, AUTOCAD, REVIT, SKETCHUP, SOLIDWORKS e INVENTOR”, explica Thiago que também avisa que a impressora lê algumas extensões de arquivos, sendo que a mais comum é a .stl, exportável de praticamente qualquer software de CAD e modelagem 3D.

Impressão 3D de maquetes - Crédito: Divulgação/Delta Inkjet

Com partes soltas, a maquete torna-se mais fácil para visualizar e interagir – Crédito: Divulgação/Delta Inkjet

Quais as reais vantagens de imprimir minha maquete em 3D – Uma maquete volumétrica é, hoje, confeccionada artesanalmente, um processo cheio de detalhes e que demanda muita atenção e tempo dos envolvidos. Assim, imprimir seus projetos já têm a vantagem de garantir uma maquete pronta em muito menos tempo. E tempo, como todos sabemos, é dinheiro.

Além disso, a impressão 3D permite a criação de peças em escala ainda menor mantendo, sempre, a fidelidade dos detalhes. A maquete também se torna muito mais resistente, leve e interativa, visto que é possível crias peças móveis e encaixáveis. Uma vantagem e tanto para quem trabalha com design de interiores.

Impressão 3D de maquetes - Crédito: Divulgação/Delta Inkjet

É possível trabalhar com uma grande variedade de cores e tamanhos – Crédito: Divulgação/Delta Inkjet

Quais cores e tamanhos estão disponíveis – “Oferecemos a impressão utilizando a tecnologia FDM, que produz peças em plástico com melhor custo/benefício. Existem diversos tipos de materiais possíveis, incluindo alguns que imitam madeira e metais. Também estão disponíveis diversas cores e, mesmo que não tenhamos a cor desejada, é possível pintar a peça já pronta com diferentes padrões de tintas”, esclarece Thiago que consegue confeccionar peças únicas com até 32cm x 21cm de base e 40cm de altura, mas que pode segmentar uma peça maior em diversas partes que posteriormente serão coladas com facilidade e resistência.

Impressão 3D de maquetes - Crédito: Divulgação/Delta Inkjet

Impressão 3D de maquetes – Crédito: Divulgação/Delta Inkjet

Qual o custo dessa impressão – Por ser uma alternativa nova, a impressão 3D ainda gera desconfiança e é comum pensarmos que o custo seja altíssimo. Afinal, impressão 3D ainda parece coisa do futuro. Mas não é o que acontece. Com a popularização do tema, as máquinas estão bem mais acessíveis, mais viáveis e mais facilmente manipuláveis. Tudo isso torna o processo mais rápido, menos dispendioso e estimula a concorrência.

Hoje não é possível tabelar o custo de um projeto impresso em 3D. Cada projeto é único e o valor de investimento será estabelecido de acordo com o tempo de impressão, a quantidade de material e a riqueza de detalhes de cada criação. “Oferecemos uma consultoria completa que auxilia os clientes como fazer o projeto para que ele possa ser impresso da melhor forma, com o melhor tempo e custo”, finaliza Thiago.

Aqui no Espaço do Arquiteto sempre trazemos temas relacionados às facilidades proporcionadas pela tecnologia à área de arquitetura e design. Recentemente abordamos temas como a plataforma BIM, a facilidade da automação no espaço de trabalho e as vantagens dos tours virtuais. Se ainda não viu esses posts, aproveite para conhecer!

Posts Relacionados: