Arquitetura bioclimática – Desafios sustentáveis

julho 30, 2014 em Carreira, Notícias, Sustentabilidade

Arquitetura Bioclimática

O mundo passa por transformações e hoje vivemos uma situação em que o planeta clama por ajuda. O ser humano se desenvolveu sem preocupar-se com o meio ambiente e, caso providências sérias não sejam tomadas com urgência, a vida na Terra passará por muitas complicações.

Para ajudar, arquitetos e engenheiros têm um grande poder nas mãos: a arquitetura bioclimática, estudo que projeta edifícios considerando as condições climáticas do local a fim de utilizar os recursos naturais minimizando os impactos no meio ambiente.

Apesar de parecer um conceito recente, a arquitetura bioclimática só foi aperfeiçoada ao longo das décadas. Se formos analisar, na antiguidade as cidades romanas foram construídas sob a orientação solar. Ou seja, os romanos desenhavam suas casas para aproveitar ao máximo a luz do sol. Técnica essa que deveríamos ter mantido em nossas construções.

Dentre as inúmeras alternativas propostas pela arquitetura bioclimática, temos como bons exemplos a instalação de sistemas para reuso da água da chuva e a criação de projetos que garantam boa ventilação nas épocas de verão e conforto término no inverno, atitude que reduz o consumo energético proveniente da utilização de ares condicionados e aquecedores.

Mapa Zoneamento Bioclimático

Imagem reproduzida do LabEEE (Laboratório de Eficiência Energética em Edificações) da Universidade Federal de Santa Catarina.

Mapa do zoneamento bioclimático – Criado pela ABNT, o mapa foi um grande passo para o desenvolvimento de projetos de arquitetura com foco em sustentabilidade. No mapa, o território brasileiro foi dividido em oito zonas cujos climas são parecidos. Até o momento, 330 cidades brasileiras tiveram seus climas classificados no mapa.

Vamos adotar, como exemplo, a cidade de Ribeirão Preto (SP), que foi classificada como Zona Bioclimática 4. Para a região, as estratégias de condicionamento térmico aconselhadas são o resfriamento evaporativo e massa térmica para resfriamento; a ventilação seletiva; o aquecimento solar da edificação e as vedações internas pesadas.

Conheça algumas estratégias utilizadas quando um projeto de arquitetura bioclimática é elaborado:

arquitetura bioclimática

Posts Relacionados: